quarta-feira, 21 de abril de 2010

Alvares, Góis, Portugal























Depois de passarmos em Alvares, Góis e passando por caminhos escondidos na serra fomos encontrar locais que ninguém imaginaria e onde avistámos várias hortas muito bem cuidadas, usufruindo do privilégio das águas do rio, casas em xisto e até um animal invulgar para estas paragens, uma Ema, que pastava num espaço lindo neste Portugal profundo...

Pedrógão Grande, Pião em pedra de granito

Também por mero acaso, quando passava em Pedrógão Grande, encontrei num pequeno jardim, este pião em pedra de granito, que adorei. Não estará ali naquele jardim por acaso, deve ter a sua história. Para mim é inédito e ternurento...
Pois parece que afinal nem tudo o que parece é!!!! Um dia destes irei dar novas informações sobre o que eu julgava ser um pião!!!
Afinal o que me pareceu um pião é apenas um molde em cimento para cântaros de barro e que foi aqui colocado neste espaço onde alguém como eu imaginei que era um pião e em granito!!!
Na verdade andei à procura do bico e achei estranho ele ser facetado mas como tudo tem a sua explicação, aqui fica o esclarecimento. Já voltei a passar no mesmo local, voltei a fotografá-lo e para mim é mesmo um pião só que em cimento. Coisas de cotas!!!

Figueiró dos Vinhos, Panelas de três pernas


Ao passar pelo centro de Figueiró dos Vinhos encontrei, expostas para venda, panelas de três pernas em ferro e que também se vendem em feiras. Em estabelecimentos é menos vulgar. Excelentes para cozer o feijão a lenha... e não só.