quinta-feira, 15 de maio de 2008

Cegonhas bébé, Alentejo

Mesmo à beira da estrada a caminho de Campo Maior deparámos com muitas cegonhas e os seus ninhos. Neste só havia crias, já crescidas, à espera dos pais. A cegonha, uma ave misteriosa. Quando eu era pequenina habituei-me a vê-las em Lisboa. O "progresso" fê-las desaparecer. Mas eu sei onde estão as árvores desse tempo, no Museu do Traje e à entrada do Jardim de Campo Grande, entre outras que havia. Todos os anos lá chegavam elas para por os seus ovos.

1 comentário:

ILLUMINATUS disse...

Super interessante, em Aveiro na própria A25 estão instalados vários ninhos de cegonhas, é incrivel, todos os anos la estão elas, primeiro o ninho depois as crias e...la está o milagre da natureza!! Adoro estas aves..